Havaí. O paraíso do arco-íris.


Não é à toa que o símbolo do estado americano do Havaí é um arco-íris. Em qualquer hora do dia nas ilhas deste arquipélago está sempre chovendo e fazendo sol ao mesmo tempo, formando-se arco-íris incríveis de tamanhos e intensidade variados. Basta abrir sua janela.

Rainbow_in_Hawaii (1)

1390776_10151953578755236_2064384536_n

o-HAWAII-RAINBOW-facebook

Visitar o Havaí é muito diferente de morar lá. Eu vivi as duas coisas.

Anos atrás, passei sete dias de dezembro em Kaua’i, a grande ilha mais ao norte do arquipélago. Confesso que tive uma primeira impressão diferente do que eu esperava de um paraíso tropical, pois achei tudo muito frio e chuvoso, demais para o meu gosto. Kauai é conhecida como a “ilha jardim”, repleta de florestas, campos agrícolas e fazendas hortigranjeiras. Mas apesar de nesta ilha você ter que ficar usando aquele negócio que eu odeio, que se chama casaco, nada disso significa que eu não tenha adorado o passeio. Sete dias de pernas para o ar, curtindo férias num resort, muito pouco importa o lugar em que você está.

14655_246734985235_3815375_n

PQAAANkDkH23CmTgzk8-BZJokjnL1qXaWAjKxYdGtcH87WWiWc1eZSeFgbMXPoo5Gr_crZYCE_Oz2QXvEu18_f9xEaMAm1T1UCsGAdsq_DZwcJZUHs79A_fV4y6f

PQAAAKVFUonUdSJwij89BhTMeKLQsYAuG_jBLO-fqAeFG-TlHt9pQGXp6K_GY3aUwOcdm293Gb2z9azXbJnlByw1340Am1T1UKStTKBsX_IXUNsRjEc6d3K7jNCb

Em Kauai curti trilhas e praias bacanas, cachoeiras e riachos lindíssimos e um passeio pelo imperdível Waimea Canyon, um deslumbrante buraco na montanha formado pelas erosões do rio de mesmo nome…

PQAAANm_pL9R2Q8uYIdV8EttsUJBx2J2xQ9uigoPHCSabQkY9EY82ISJtLRxxVlWtLOuY1Pqn7ayT1wUJMccvlTzbvoAm1T1UFqMWj4AQfWLdIpxb0HMhFFaabPq

Curti muito também um passeio de barco até a famosa Na Pali Coast para ver baleias e golfinhos ao vivo além do impressionante visual de suas encostas. O barco oferece café da manhã e almoço, regado a frutas e Mai Tai, o drink mais famoso do Havaí.

PQAAAOsANf9tsEaxC1yGad0ZDfNQMqcWFnCVLqHfHOLQUmK-XiPj4FQGaFp-UYtwWglar_afr_VAGr9RPLpIcdtJaucAm1T1UC5fuRwr2GsDob12ClEFBdIRGGjc PQAAAP_d_lrsEiYw7oWbV6trbeuOLlmkd0mo4bd3No8fK2UGaR1YMZ7fmbjmJJcsIM5QPeFrxC9_Wvn2C6nf2JIRaKUAm1T1UF_emnb7-pB-DNy8NkbsJmhv3Edv

Os resorts sempre oferecem o famoso Luau, uma mistura de shows de dança e comidas típicas havaianas, principalmente com muita hula e pirotecnia.

1385082673_568791846_12-Hula-Dancers-Hire-a-Hula-Dancer-Polynesian-Dancers-Call-us-Today-

Kālua (foto abaixo) é o ritual de cozimento de um porco havaiano assado lentamente na brasa, em um forno de baixo da terra, coberto de areia e pedras vulcânicas, temperado com ervas e sal e enrolado na folha de poi (inhame). A carne do porco fica tão macia, que derrete quando a gente põe na boca.

PQAAAD6oJ3F2JTgyY2XWivmTeKKnitUAax7C3YKn6hWV7yrSrg-kVbrrdfuXYRDCPt7kti7FHS3-oKpKLi-Odge_XK0Am1T1UDQBdvFfqLr13J6s9sFLolCTj0QX

Outras comidas típicas havaianas são os Pupus (aperitivos) e o Poke (foto abaixo), uma espécie de sashimi (peixe ou frutos do mar crus) porém extremamente bem temperados. Uma delícia!

Starter

E também tem a característica das flores e das aves. A pluméria branca, como exemplo mais significativo, está em toda a parte e floresce simplesmente o ano todo sem dar nenhuma estação de descanso para os nossos olhos, que gostam de apreciar tanta pureza.

image

download_20140509_162806

Screen Shot 2015-01-24 at 10.24.39 PM

10389684_10152822621495236_2036208273000454277_n


Kaua’i
 , assim como todo o Hawai’i, é Estados Unidos. Isto significa que tudo estará sempre muito limpo, organizado, bem conservado e a tecnologia será sempre de ponta. Mas por outro lado, a animação será comedida, a proximidade entre as pessoas será limitada e as emoções serão secundárias. Como brasileira, eu sinto nos Estados Unidos muita falta de férias com música alta, abraço apertado, comida com sabor e de rebolar até o chão. Mas aí logo penso na corrupção, na violência, no abandono social, nos nossos baixíssimos índices de educação, e a minha balança comparativa volta a se equiparar. No fundo o que eu queria mesmo era o melhor dos dois mundos.

Antes de ir para o Havaí, infelizmente é importante decidir previamente em que ilha ou ilhas você vai querer ficar, porque por incrível que pareça não existe um transporte simples e prático entre as ilhas e elas praticamente não se comunicam. Tudo por lá tem que ser de avião e não é tão barato assim ficar pra lá e pra cá.

Em outubro de 2013 fui contratada para um trabalho na ilha de Maui. Resolvi experimentar uma mudança para lá pois me pareceu uma vivência completamente nova e um desafio no mínimo enriquecedor.

Surpreendi-me muito com a diferença entre as ilhas. Maui é levemente mais urbanizada, também repleta de resorts de luxo, e com o clima bem mais quentinho que Kauai. A temperatura do mar de Maui é simplesmente perfeita. Tipo piscina aquecida gigante envolta em uma constante brisa refrescante. Uma delícia! E quando chove, até a chuva é quentinha.

Um das características mais bonitas deste lugar é o seu grande e estreito vale, separador de duas imensas montanhas, afunilado pelo mar e que deu origem ao nome da ilha.

kahului1420

No Havaí tem-se sempre todos os tipos de clima dentro de uma ilha só. O clima tropical chuvoso no lado leste, o clima desértico seco no lado oeste e também o clima gelado e montanhoso nos vulcões. Variações para todos os gostos.

E mar para todas as pessoas. Praias radicais para surfistas, com ondas de mais de 2 metros de altura (foto abaixo da praia de Ho’okipa, no lado leste de Maui) e praias calmíssimas para banhistas, completamente sem ondas, perfeitas para snorkel e remo, como caiaque, stand-up paddle, canoa havaiana, etc (segunda foto abaixo em South Kihei, lado oeste de Maui, com vista para a ilha de Kaho’Olawe ao fundo).

1452388_10151964706125236_1864579358_n

1457493_10151961690670236_1918573176_n

Por serem de origem vulcânica, as montanhas são visual constante nesse arquipélago, assim como o mar. O Haleakalā (“morada do sol”) entrou em erupção sete vezes nos últimos mil anos e encontra-se adormecido no momento. Mas tanto eu quanto todos os outros moradores da ilha parecemos não querer pensar muito no assunto…

Os campos de lava da região de Wailea são bastante impressionantes. Um gigantesco mar preto, todo feito de pedras furadas e irregulares, ainda não endurecidas pelo tempo.

20131207_110946

Um passeio imperdível em Maui é subir a imensa montanha para ver o Haleakalá lá de cima, bem depois que passam suas nuvens. São 3 mil metros de altitude (10 mil pés), e o parque nacional oferece uma linda e excelente estrada de carro que vai até o seu topo, começando na cidade bucólica de Kula, subindo tranquilamente por dezenas de curvas acentuadas que oferecem vistas arrebatadoras para todo o vale estreitado da ilha, depois atravessando de forma surpreendente por dentro das nuvens e por fim alcançando-se sua imensa cratera lá em cima.

20131117_130632 20131117_134028

10394512_10152202145372408_9203228626457414837_n

Sugiro informar-se sobre os efeitos colaterais das grandes altitudes, como tonteira e dor de cabeça, antes de aventurar-se pelas trilhas do vulcão.

Snorkel, trilhas e cachoeiras são o que mais tem em todo o estado do Havaí. A ilhota de Molokini, formada pela cratera submersa de um vulcão, é o point mais característico para snorkel em Maui. Não faltam barcos oferecendo tours para lá. Curte aí:

20131215_081455

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

DSC06632

IMG_4470

IMG_4489

Cachoeiras em Maui também tem aos montes. A estrada de Hana que o diga. Apesar de muito distante do centro urbano (mais de duas horas de carro), para quem gosta de muito sossego e muita natureza, esta cidadezinha é uma linda pedida. É ao lado de Hana que fica a enorme cachoeira de Waimoku, também localizada no parque nacional do Halaekalá, e que apesar de extremamente longe, vale a pena a visita, principalmente pela incrível floresta de bambu que fica em sua trilha.

20131214_120046

20131214_121129

20131214_114715

Um excelente passeio de final de tarde é ir recarregar as energias no ‘Īao Valley, dando uma volta pelos seus jardins e se surpreendendo com as fantásticas montanhas ao seu redor.

20131217_162618

20131217_162212

Como se já não bastasse, o canto noroeste da ilha nos reserva mais várias incontáveis surpresas. Lahaina é um dos lugares que eu mais gosto em Maui. Uma vila cultural chique, cheia de galerias de arte e restaurantes gourmet, que me lembra muito a minha querida Saint-Tropez (nas devidas proporções, é claro). Foto abaixo do fícus gigante da praça central de Lahaina, onde são realizadas as feirinhas de artesanato local.

20131111_145028

130208.maui.lahaina.front-street-night

E a ilha de Lana’i vista por um fim de tarde em Lahaina. Lana’i também significa “varanda” na língua havaiana.

20140111_175441

Recomendo muito fazer a trilha de Kapalua, pois além de ser toda pavimentada com índice de dificuldade zero, de ser um santuário de pássaros e um lugar onde as baleias costumam se divertir bastante, é na Kapalua Trail que você vai poder admirar de perto um belíssimo mar em fúria e se enaltecer com seus múltiplos formatos.

20140112_153125

E por último, ainda a noroeste, Olivine Pools é simplesmente um dos lugares mais incríveis que eu já fui na vida. Prepare sua máscara de snorkel para nadar com milhares de lindos peixinhos coloridos dentro de buracos enormes de água transparente em uma rocha lá dentro do mar. O mar lançando altíssimos jatos de espuma contrasta radicalmente com a calma e a beleza das águas paradas das piscinas de Olivine. Ambos convivendo lado a lado em uma impressionante batalha de sensações, como se um estivesse querendo abocanhar o outro. Você vai sentir paz e medo ao mesmo tempo, calma e agonia, paixão e terror. Um lugar único.

2014-01-18_14-32-46_871

2014-01-18_15-03-39_578

2014-01-18_14-57-05_172

Então é isso, no geral Maui é um paraíso calmo, interiorano, perfeito para o descanso. Seus latifúndios de cana e suas tendas de fruta se misturam com seus bairros urbanos e suas highways com muita naturalidade. Para conseguir morar nessa ilha tem que estar com espírito bem desacelerado e ter uma leve tendência ao isolamento. Eu sabia que não encarnaria esse perfil por muito tempo.

Ao final, aproveitei tudo muito profundamente. Não tem como não se surpreender com as maravilhas de Maui: (Humpback Whales de Maui)

IMG_1145

Quando foi possível, me mudei então para a ilha principal do Havaí, O’ahu, onde fica a capital Honolulu. Essa sim é bem cidade grande, lotada de gente e de arranha-céus. É onde tudo acontece; todos os eventos, todos os agitos (e QUE agitos!).

PQAAAB7j4qgCfE4xG6EDLcvqB2hmX4rK6qm25bm6Nz3A2Lr09S1JXt95PKF04IhFopBu6lVJlKF9NtAf2Aba1RcjhkYAm1T1UJSC-st-UQVt6MpIP-r1uwarim6G

Já de cima do avião você pode identificar com clareza o famoso Diamond Head, um dos importantes marcos turísticos de Honolulu. Recomendo muito fazer a trilha que passa dentro de sua cratera, a vista da cidade lá de cima é imperdível!

hawaii-oahu-diving-turtle-canyon-oct-2004

11255769_10153208162540236_3052678960127973231_n

Sua praia urbana mais famosa, Waikīkī, é um grande shopping center ao ar livre, infestada de lojas de ponta, barzinhos animados e grandes resorts de luxo, tudo de frente para um maravilhoso mar azul turquesa, de água morna, calma e transparente. Os asiáticos adoram, só dá eles ali! Recomendo um Pau Hana (Happy Hour em havaiano) no animadíssimo sand bar Duke’s que fica na beira da praia.

PQAAALfCPRFxDt7QvMXvdZI_rjLNSk3MpbJfYPnb5Pd6133yzlg7ZXFWlVqbqNeZw6lBgRGQ-KrCC8oYxk_VM2f5AtkAm1T1UIyKu9SgCpr3KulPfDm_5Nrxve6I

Waikiki_Beach,_Honolulu

waikiki-night

Uma atração americana típica para turistas que eu adorei fazer em Waikiki foi descer com o submarino Atlantis até um sítio de embarcações naufragadas, preparadas justamente para aqueles mais aventureiros. Achei o máximo essa expedição subaquática em pleno mar aberto.

PQAAABqum4avqWDVqJh-Cypfdn4R0g-BSpcxBInpOXJ6asnmF3GtG05HJ8xTurR9n4Bfe13dJbhsGlc5zkWUw_cTi4UAm1T1UEAK3JWMCWHfPTPFW9Pb841CGpmw

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Além do Diamond Head, um outro ponto de fácil acesso que dá para apreciar a vista de toda a cidade e um lindo por do sol é o Ualaka’a Overlook, no caminho para a trilha de Tantalus.

tantalus-lookout-puu

11169915_10153182269570236_2876034032882470456_n

Também de facílimo acesso e bem perto do centro urbano fica a tradicional Manoa Falls, lindíssima e enorme. A mata de sua trilha é de uma exuberância tão grande que nos estarrece. Nos remete fortemente há um passado primitivo distante, fazendo imaginar que nós mesmos poderiamos ter sido alguém que viveu ali, como nativos numa simbiose plena. Apreciar aquela floresta imperial definitivamente nos confirma que é a natureza o nosso habitat mais natural.

wpid-20150125_145347.jpg

wpid-20150125_152545.jpg

wpid-20150125_152753-1-1.jpg

Importante ressaltar que o museu mais típico do Havaí é o de Pearl Harbor que destaca o ataque Japonês à base militar americana no Havaí em 1941, desencadeando a entrada dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial.

10369732_10152371534515236_7104511263061184124_n

São vários os pontos indicados para snorkel nas ilhas do Havaí, mas um em particular que vale muito a pena é a Hanauma Bay, que fica em uma lindíssima reserva ambiental ao sul de Oahu. Além de ser maravilhosa e muito bem estruturada para turistas, tem uma quantidade ABSURDA de peixes de todos os tipos, tamanhos, belezas e cores. Lugar recomendadíssimo. Incrível!

hanauma_bay_nature_preserve__oahu__hawaii

Foto abaixo da China Walls, logo ao lado de Hanauma Bay.

image

Em minha opinião, O’ahu é a ilha mais bonita do Havaí. Pegar um carro e percorrer sua costa leste é passeio imperdível. O visual é inacreditável! Não deixe de dar uma volta pela freeway H3, para ver a baía de Kanehoe de cima de um viaduto espetacular que sai de dentro de uma mata lindíssima, fechada entre duas montanhas enormes.

download_20140513_182011

No caminho aproveite para pegar um atalho pela espetacular Pali Road e dar uma paradinha no Pali Lookout. Foi ali que o maior dos reis havaianos, o Kamehameha I, venceu a grande batalha de unificação de todas as ilhas.

20150429_183213

Foto abaixo de Kanehoe tirada do alto da escadaria de Haiku, também conhecida por “Stairway to Heaven”, que infelizmente não se encontra mais aberta ao turismo.

kaneohe

Mas para quem gosta de escadarias, não se preocupe porque existem outras em Oahu também muito boas, como a da cratera do Koko Head. Visual arrebatador, porém, de nível de dificuldade altíssimo, com mais de 1100 degraus acentuadíssimos. É uma trilha de matar, mas dá para fazer. Eu sobrevivi.

kokocrater-11

Ou uma outra trilha um pouco mais leve que eu recomendo é a do farol de Makapu’u. Imperdível a decida até as tide pools que ficam no caminho. O mar ali no verão fica ainda mais selvagem do que o das Olivine pools de Maui!

E ainda ao lado leste de Oahu, encontram-se Kailua e a sua nobre vizinha Lanikai, que você também não pode perder. Considerada uma das praias mais bonitas do Havaí e também do mundo, é de uma beleza singular. Meu lugar preferido em Oahu, eu assino embaixo com certeza!

IMG_65551

20140311_121046

20150524_093836-1-2

Agora, para aqueles que são fissurados por surfe, vamos falar de North Shore. É no lado norte da ilha que se encontra Pipeline, a onda mais famosa do mundo, point top do circuito mundial, e sua também famosa vizinha, a Sunset Beach. Quem é surfista sabe que cada onda tem seu nome, sua peculiaridade, um desafio em especial e uma importância única. Pipeline é tida como simplesmente a mais perfeita de todas essas combinaçoes.

North Shore é uma região mantida como rural, nativa, no estilo hippie, lotaaaada de brasileiros. Suas ondas no inverno (período da alta estação de novembro a março) são simplesmente gigantes! Média de mais de 10 pés de altura, que alucinam os surfistas e arrepiam qualquer banhista.

8b

sunset

20150308_183243

Em North Shore eu recomendo visitar a Waimea Bay, e fazer uma hike no parque Waimea Valley, assim como uma parada para snorkel na Shark’s Cove.

wpid-20150208_135922.jpg

sharks-cove-north-shore

Para comer recomendo o food truck dos brasileiros em Pipeline, que vende pastel e coxinha da hora e tem o melhor açaí do Hawaii; e se precisar de hospedagem para a família, recomendo a tranquilidade da Turtle Bay.

1551536_10153092558665236_6360734637446448794_n

Para finalizar, exponho aqui a maior de todas as mais de cem ilhas e ilhotas desse arquipélago da região norte da Polinésia, que pertence ao continente asiático, conquistado pelos ingleses no século 18 e anexado pelos norte-americanos em 1959, e que se chama também Hawai’i, mas é mais conhecida como Big Island.

Na Big Island encontram-se as cidades de Kona a oeste, Hilo a leste, e o dormente vulcão Mauna Kea, com os seus mais de 4 mil metros de altitude acima do nível do mar (mais de 13 mil pés), adicionados aos seus quase 6 mil metros sob a água, num total de mais de 33 mil pés. 

Mauna_Kea_from_the_ocean

Porém, as principais atrações da Big Island são mesmo os seus vulcões ativos, o Mauna Loa e o Kilauea, que podem ser visitados com segurança pelos turistas e suas lavas podem ser vistas ao vivo. Super intrigante, não?!?

304476213nPOyhR_ph


Ufa! O Havaí que eu conheço até então é basicamente isso. Lugar maravilhoso tanto para visitar quanto para morar. O colorido das flores, a mata verde, o mar turquesa, o clima tropical ameno durante o ano inteiro,… Não é à toa que os americanos são completamente fascinados por este lugar.

12381142_10153819595380236_1610905472_o.jpg

1016570_10153092561940236_283946857982212437_n

E komo mai (“Sejam bem vindos”) e um Mele Kalikimaka bem grande para todos vocês! (“Feliz Natal” em havaiano, a segunda língua oficial do Havaí).

E também Mahalo Nui pela leitura! (“Muito Obrigada”)

ALOHA e até a próxima!

4ffcdeac4b2dc07102012210220

.

Anúncios
Esse post foi publicado em . Havaí, EUA e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Havaí. O paraíso do arco-íris.

  1. Felipe Cuesta disse:

    Muito bom Alline! Um belo panorama sobre este lugar tão intrigante e misterioso. Falou das 4 ilhas principais e me deixou com um gostinho de quero mais. Seus posts estão cada vez melhores! Vc é uma escritora nata que revelou ao mundo toda a sua sensibilidade e seu enorme talento nesse ano que passou. Parabéns e feliz 2014…

    Curtir

  2. Pingback: San Diego, essa é para morar! | As Viagens de Alline

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s