A Grécia que eu conheci


.
Tudo começou na ilha de Creta, com a formação da primeira civilização européia por volta de 2000 a.C.. Mas como nos esclareceu o próprio Homero, o grande poeta lírico da humanidade, o período áureo da Grécia, uma explosão de arte, conhecimento, glória e esplendor sem igual na civilização humana, só começou por volta de 700 a.C.. .

Foto abaixo: Eu… lá na ilha de Creta 🙂

00035

Diferentemente de tudo e de todos daquela época, na Grécia clássica não haviam reis. A agilidade e a mente aberta de um livre mercado soberano explicam o avanço absurdo das cidades-estado helênicas comparativamente aos demais povos de sua época. Essas cidades defendiam-se umas  às outras bravamente, como verdadeiras irmãs, num misto de história e lenda. Sentiam-se ligadas por sua língua mãe, pelos largamente difundidos Jogos Olímpicos e pelo mitológico guerreiro Teseu, unificador da península Ática. Um nacionalismo que sobreviveu a inúmeros ataques e ocupações persas e não se abalou nem mesmo quando Esparta insistiu em ir contra o espírito libertário dos atenienses, os filhos da sábia Atena.

Foi em Hellás (Grécia, em grego), ou ΕΛΛAΣ, que nasceu a democracia, no Século de Ouro, onde Péricles foi legitimamente eleito por seu povo em 461 a.C.; mas como diriam os descrentes gregos atuais, foi ali que ela também morreu.

00015

Foto acima de três Ostrakons de verdade (cacos de vasos de barro, em forma de concha, onde os votos eram registrados na grécia antiga).  O voto do meio é adivinha em quem? Péricles!(ΓΕΡΙΚΛΕΣ em grego, filho de Xanthippos ateniense) Incrível, não? (Exposição do Museu da Acrópole de Atenas).

E ali também nasceu a nossa filosofia ocidental, fundada pelo seu enigmático pai Sócrates, mentor do grande idealista Platão, por sua vez mestre do célebre educador Aristóteles. Alexandre Magno, o grande imperador macedônio, pupilo de Aristóteles, munido de toda a sabedoria gerada por essa tríade de gênios gregos, fez questão de difundir a beleza e a grandeza do povo grego pelo velho mundo. Um legado que nem mesmo os romanos ou o imperador Constantino foram capazes de destruir.

Ai, ai… Só sei que nada sei.

Uma visita à Grécia começa por sua capital Atenas, onde se concentra muita coisa de grande importância. Mas de longe se restringe a isso. A Grécia é um país multifacetado, que oferece diferentes formas de entretenimento e êxtase. Aquela velha estória de que quando você pensa que não tem mais com o que se surpreender, descobre que está completamente enganado.

00011

A cidade antiga de Atenas, indicada pelo Portal de Adriano abaixo, é relativamente pequena em comparação à imensidão da atual, com mais de 3 milhões de habitantes (sem contar a turistada).

Arco de Adriano

Vários sítios arqueológicos concentram-se ao redor da rocha sagrada Acrópole, base do imortal Partenon, templo da deusa guerreira Atena ParthenosA atual restauração das gigantescas colunas dóricas (o mais simples dos estilos gregos) dessa maravilha arquitetônica esculpida pelo genial Fídias, pode ser vislumbrada de praticamente toda a cidade.

100279-004-1E34202D

12007035_10153512323660236_1952453741_n

00009

Curiosidade: As colunas do Partenon não são nada retas! São levemente inclinadas para o centro do edifício para dar mais plasticidade nos tremores de terra, são levemente abauladas em seus meios e afinadas no topo, e estão levemente alinhadas em forma de U. A combinação de todas essas técnicas mais os frisos no mármore, criam uma ilusão de ótica que faz com que pareçam perfeitamente retas. Genial!

00010

00008

Dentro do Partenon encontrava-se no passado uma estátua monumental de Atena, de 13 metros de altura contando com sua base, toda coberta de ouro e marfim, levada para Constantinopla na era bizantina e posteriormente destruída em um incêndio. A deusa da sabedoria possuía cabeças de serpente em seu manto, uma lança e um escudo em algumas obras, e em outras, a deusa alada do ar e da vitória, Nike, em sua mão direita. (Foto abaixo de uma reprodução exposta no Museu Arqueológico de Atenas)

220px-NAMA_Athéna_Varvakeion

No centro religioso da Acrópole de Atenas também encontram-se outros importantes templos da Grécia Antiga politeísta. Todos muito clássicos e elegantes, mas um que se destaca por seu estado de preservação, é o Erectéion, ornado com reproduções das esplendorosas colunas em forma de mulher, chamadas Cariátides.

00012

2

Olha a minha cara de Cariátide… Observe o joelho dobrado das moças mesmo carregando um mundo sobre suas cabeças. Fizeram assim para dar ideia do tamanho de suas forças, querendo dizer que nem todo o peso do mundo é suficiente para abalar o tanto que as mulheres já tinham que suportar desde aquela época.

Lá de cima da Acrópole pode-se ver com clareza grande parte da lindíssima cidade branca. Eu sou tão apaixonada por ela que penso que uma de minhas filhas se chamará Atena, quando eu decidir tê-las.

A Grécia é um país muito quente e seco, com poucas nuvens principalmente no verão, por isso o visual de quem sobe seus montes é sempre limpo e inacreditável.

00013

12025511_10153512323365236_215369411_n

00005

Ao redor dos pés da Acrópole encontram-se ainda outros espetaculares monumentos também de altíssima importância para aquele povo tão alegre e festeiro. O Teatro de Dionísio, deus do vinho, vulgo Baco para os romanos, foi o primeiro teatro da história, onde tinham vida as tragédias de Sófocles. Mais tarde foi construído ao seu lado o Odeon, teatro para concertos musicais, na época com teto fechado para proteção dos nobres ouvintes.

ATN-011_Atene_teatro_Dionisio

00007

Logo a frente dos teatros, encontra-se o Museu da Acrópole, onde estão expostas as originais das várias peças e esculturas encontradas nas escavações. O museu foi construído ele mesmo em cima de um sítio arqueológico, assim como praticamente tudo o que existe na Grécia. Possui o chão de vidro para que as ruínas da antiga cidade baixa, com suas casas, cômodos e ruas possam ser visualizadas de forma estarrecedora.

museum-1

IMG_2510

Dentro do museu cabe o próprio Partenon em tamanho natural; suas peças estão dispostas na posição em que teoricamente deveriam se localizar lá no topo da Acrópole.

IMG_5556-wp

11998397_10153501376300236_1552825094_n

Nem todas as peças resgatadas da Acrópole estão na Grécia. Uma grande parte está exposta no Museu Britânico em Londres (fotos abaixo), incluindo a Cariátide original que está faltando na foto acima e boa parte da fachada do Pártenon de Atenas. Segundo os ingleses, essas peças estão melhor protegidas sob a guarda deles… :-/

DSCN1998

00059

00060

00061

Passeando por Atenas, ainda dentro da cidade antiga, encontra-se o Templo de Zeus, não restaurado como o Partenon, mas de uma forma que ainda demonstra toda a sua imponência.

00006

E bem perto do Portal de Adriano, encontra-se o Estádio Panatenaico de atletismo, construído todo em mármore branco desde a Grécia Antiga antes de Cristo, e restaurado para a realização da primeira edição dos Jogos Olímpicos da época moderna, Atenas 1896.

52e1013

11992415_10153501376955236_1089622516_n

00003

Visitar Atenas logicamente não significa só ver velharia, muito pelo contrário. O palácio do atual governo, o parlamento grego e os encantadores parques infestados de esculturas  e de deliciosas oliveiras (minha árvore predileta) são pontos turísticos sempre recomendados pelos próprios atenienses.

00002

00001

Η_Βουλή_των_Ελλήνων

O lugar que eu mais me diverti em Atenas foi o mercado de rua do bairro de Plaka, animadíssimo! A verdadeira Ágora (mercado antigo) da era moderna. Envolto na vitalidade das músicas dançantes gregas, cheio de lojas coloridíssimas, muito brilhantes e elegantes, coberto de bares e restaurantes com comidas típicas deliciosas que só o grego sabe fazer. Gyros, kebab, spanokopita, baklava, iogurte, queijo feta, azeite de oliva, carneiros, cerveja Mythos e muito mais.

94-Atenas - Grécia

141

Depois de visitar Atenas, um outro santuário arqueológico interessantíssimo seria Olímpia, uma região antiga do Peloponeso onde eram realizados os primogênitos Jogos desportivos Pan-helênicos, sempre em homenagem ao venerado pai de todos os deuses e homens, o próprio Zeus.

1234175-oly-flam (1)

Neste grande sítio encontra-se o velho estádio olímpico para 45 mil pessoas, um descampado gramado e uma faixa de terra batida de 192,27 metros onde era realizada a corrida de 600 pés antigos. Na entrada do estádio fica a cripta, onde era acesa a pira olímpica. Naquela época somente os homens podiam assistir a jogos, assim como votar ou serem cidadãos gregos. Ahãn…
12016471_10153508056650236_378679_n

Mas o principal monumento desse santuário, e de toda a Grécia, é o verdadeiro Templo de Zeus do Olimpo, que abrigava sua gigantesca estátua, uma das sete maravilhas do mundo antigo; infelizmente também levada por Constantino na era cristã e destruída para todo o sempre.

20150908_135625

Sem título

Vou confessar que fiquei enebriada pela magia desse solo tão sagrado, não estava difícil cogitar a real existência de um Monte Olimpo lá em cima das nuvens, onde 12 deuses gregos fortes e poderosíssimos moravam em uma mansão de cristal.

Olimpo

Em Olímpia, visite seu Museu Arqueológico que se encontra ao lado das ruínas. Foto abaixo da lindíssima deusa alada da vitória, a Nike, responsável por descer voando dos céus para proclamar a vitória aos atletas.

12021729_10153508057160236_878701466_n

E abaixo, foto de Apolo, filho de Zeus, o mais deus grego dos deuses gregos, cuja estátua estava localizada na parte mais alta do frontão do Templo de Zeus, e original exposta agora no Museu de Olímpia.

20150908_143457

E por falar em Apolo, seu santuário mais importante encontra-se em Delfos, juntamente com o seu oráculo. Visitantes de todos os tipos, reais ou mitológicos, patrícios ou plebeus, reis ou rainhas, ricos ou pobres, vinham se consultar com as Sacerdotisas de Apolo em seu oráculo, que proferiam “verdades absolutas” enquanto em transe, após inalar gases alucinógenos expelidos por pedras subterrâneas aquecidas, ou quem sabe após uma overdose de folhas de loureiro.

Delphi_temple-650px

BXSeENJCYAApjWn

“Ó homem, conhece-te a ti mesmo e conhecerás os deuses e o universo.” – Inscrição no oráculo de Delfos, atribuída aos Sete Sábios.

Vários outros sítios também são muito bonitos e muito legais de serem visitados na Grécia, como por exemplo o Palácio de Cnossos da antiquíssima era Minóica de Creta, restaurado a cores e tudo mais! Famosa terra do Minotauro e de seu labirinto.

palacio-de-cnosos

cnosos-palacios.1

Precisaria de muito mais tempo para completar toda essa Grécia que eu ainda não conheço. Por isso vou passar a falar agora das famosas e eloquentes ilhas do arquipélago grego, verdadeiras pérolas mediterrâneas.

Vou começar por Santorini, a mais famosa delas. Pense no protótipo do paraíso grego: Santorini. Simplesmente lindíssimo. Totalmente surpreendente.

00041

fira-la-capitale

church-volcano-view

O estilo branco e azul do mediterrâneo grego é muito característico no arquipélago e não tem como não se apaixonar.

00042

Ir de cruzeiro para as ilhas gregas é uma boa opção, mas sempre dá vontade de ficar mais tempo. Os cruzeiros em geral são muito corridos e agitados, e não passam mais de algumas horas em cada parada. Muitas vezes chega até ser estressante. Mas ainda assim compensa muito ir, só pelo fato de estar ali sendo abençoada por Poseidon (o deus do oceano), sentindo toda aquela beleza inundando os olhos da gente.

Ideal mesmo é ir de barco em barco, ilha a ilha, com bastante tempo e dinheiro para se deleitar relaxadamente em cada uma das praias paradisíacas de cada uma das ilhas.

00038

11994486_10153499310715236_817581424_n

00045

A única coisa que eu não gostei nem um pouco em Santorini foi a exploração do trabalho animal, com utilização de centenas de mulas para subir a montanha da cidade de Fira como atividade turística. Eles oferecem serviço de bondinho logo ao lado, todo panorâmico, muito bonito e pelos mesmos 3 euros das mulas. Nem eu nem o Greenpeace recomendamos de forma alguma abusar dessa forma de “táxi”, mesmo que isso seja uma característica cultural do povo daquela ilha.

20150909_100909

11996959_10153508057250236_587233576_n

Eu mesma subi os 600 degraus em zig-zag da montanha a pé! Não vou mentir dizendo que foi fácil, mas também não foi nada impossível. E posso garantir que na verdade foi muito prazeroso.

20150909_100956

20150909_112447

As praias das ilhas gregas são incríveis. Mas não vá com a cabeça cheia de espectativas, fazendo comparações com o que você está acostumado no Brasil ou com o que a mídia vende sobre o Caribe. O Mar Egeu tem seus próprios encantos e riquesas que cabe a você saber desfrutar ao seu máximo.

Kamari, no vilarejo de Oia, é a praia mais popular de Santorini, cheia de bares, restaurantes, gente e animação. Uma delícia! O chão é de pedra e não de areia branca, mas a água é quentinha e gostosa.

kamari

kamar-beach2

E do outro lado da ilha fica a famosa Red Beach, já bem mais calma e deserta. Exige uma pequena trilhazinha para descer até a água e se chama Red Beach porque é de verdade toda vermelha, tanto a areia quanto suas encostas.

red-beach-at-akrotiri

Não se espante com o nudismo legalizado das praias da Europa. Espere ver bastante topless e até nudismo total quando estiver por lá. Eu sugiro que relaxe, abra a sua cabeça, amplie os horizontes do brasileiro moralista radical, dispa-se de seus preconceitos e pudores e aproveite a oportunidade para experimentar o mesmo. Uma sensação que só quem pratica sabe o quanto é libertador e gratificante.

Agora vamos navegar para a próxima ilha grega que eu AMO! Mykonos!! Pura balada, beleza e glamour. Má-rá-ví-lhóóóósa!

00018

00019

Mykonos,_little_venice_02

077

00020

4621275957_a5854f3727_b

00021

Suas festas são famosas principalmente nas praias. Mas tem todo o tipo de praia em Mykonos. Uma mais linda, clara, paradisíaca, luxuosa e animada que a outra. Fotos abaixo da Super Paradise e da Psarou.

IMG_6045

mykonos-fotos-278

Para quem quer fugir do jet set VIP e curtir uma coisa mais local, eu sugiro a deliciosa ilha de Corfu, já do lado do Mar Jônico na fronteira com a Albânia. Lugar preferido dos próprios gregos para dar uma espreguiçada.

O litoral é lindíssimo como sempre, e sua capital Córcira é riquíssima em história. Conquistada por Veneza na época medieval, a cidade possui castelos bizantinos e fortes milenares incríveis para se visitar.

main

Fazer shopping na cidade antiga é o máximo. Artesanato de altíssimo nível, comida típica grega deliciosa, tudo num ambiente extremamente intimista, aconchegante, culto e glamouroso que só uma cidade medieval européia pode nos fornecer.

12032594_10153522121730236_1044416779_n

Mas lógico que o melhor de Corfu são mesmo suas praias. Paleokastritsa (foto abaixo) é a mais bonita e a mais procurada delas. Mas a ilha possui quase uma centena de outras praias, também maravilhosas, quentinhas e 100% gregas.

beach-paleokastritsa-005

paleokastritsa-beach

11998438_10153507788575236_1660447580_n

Então é isso minha gente. Essa é a Grécia que eu conheço até aqui. Não tenho dúvida que esse país é um lugar divino sobre a Terra.

Mas se vocês querem saber, o mais importante mesmo de tudo isso …

12021755_10153507788415236_168933676_n

… É estar junto de quem se ama nesses lugares incríveis!

11997410_10153498462265236_870823872_n

20150906_165919

20150906_180155 (1)

00033

12022204_10153522128190236_1716119258_o

Efcharisto para poli! Αντίο! (Muito obrigada! Adeus! hehehe um pouquinho de grego pra vocês!)

.

.

Anúncios
Esse post foi publicado em . Grécia e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s